Tantos e tão poucos...

Com rimas bobas muitos se sentem no direito de se considerarem poetas, com palavras desconexas outros se acham verdadeiros literários.

Estou farta de palavras mal ditas e pseudo sentimentais, estou farta de links que me levam apenas a sentimentos alheios recheados com pontos e vírgulas para pessoas parecerem ser mais do que realmente são.

Tantos textos que me levam a uma mesma conclusão a um mesmo pensamento: necessito de novidade!

Estou farta de tanto excesso de mesmice, inclusive da que sai de mim...

1 comentários:

Morpheus disse...

Esta tudo meio saturado, com cores demais, com pseudos cults demais, com perfeccionistas superfulos demais... esta ficando tudo meio chato da mesmice. Mais é apenas um preludio de que hoje muito mais se destaca as verdades por conhecermos tantas mentiras escritas e ditas. Hoje algo é ou se fez que é, de que tanta mega-avalanche de informação estamos menos despreparados para o bom apreciamento de expressão.

Num geral, tem seu lado bom de acordo que deixa mais afiado o gosto das pessoas.